Início
201609_cartaz_emprego_direitos_producao_soberania 204x300
201602_campanha_direitosfuturo_logo_cor 300x212
201602_solucoes_pais_1 204x300
cp
correios



CDU apresenta primeiros candidatos a Seia PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Sábado, 06 Maio 2017 18:37

margaridaabrantesmanuelleitao

A CDU – Coligação Democrática Unitária (PCP-PEV), tornou público a candidatura aos Órgãos Municipais do concelho de Seia, sendo a primeira candidata à Câmara Municipal Margarida Abrantes (à esquerda) e primeiro candidato à Assembleia Municipal Manuel Leitão (à direita).

 

A CDU apresenta-se com um projecto de honestidade, trabalho e competência, profundamente ligado aos interesses dos trabalhadores e populações do concelho de Seia.

Um projecto colectivo em que a participação popular é um eixo central, que a CDU e os seus candidatos se propõem a desenvolver e aprofundar. 

A Coligação Democrática Unitária (CDU) tem provas dadas no País e no nosso Concelho confirmando um projecto autárquico distintivo, na acção e no conteúdo, de todas as outras forças políticas, num quadro marcado pela gestão do PS ao longo de décadas.

A CDU e os seus eleitos confirmam essa dimensão pelo trabalho, proposta e iniciativa desenvolvidas, pela recusa de benefícios pessoais, pela defesa do poder local, da sua autonomia, dos meios e recursos financeiros, pela defesa e exigência da devolução das freguesias roubadas ao povo e pelo compromisso da sua reposição, pela defesa dos serviços públicos e do acesso à educação, à saúde, à cultura, à protecção social, à habitação e à mobilidade, pela defesa e melhoria do ambiente e salvaguarda do património natural, pela defesa da gestão pública da água enquanto bem público imprescindível à vida humana, entre outros aspectos distintivos.

Continuar...
 
PCP propõe a instituição das regiões administrativas PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Quinta, 04 Maio 2017 18:48

assemrep

O Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República apresentou um Projecto de Resolução que estabelece o calendário para a instituição em concreto das Regiões Administrativas durante o ano de 2019.

Poucos negarão que uma efetiva e sustentada descentralização é inseparável da instituição das regiões administrativas. A sua concretização é, desde logo, um imperativo constitucional. Mas é também, e sobretudo, condição para três objetivos essenciais de uma política descentralizadora: dar coerência a uma clara delimitação de atribuições e competências entre os vários níveis da administração (central, regional e local); criar condições para uma política de desenvolvimento regional com a ativa participação das autarquias e dos agentes económicos e sociais; garantir a defesa da autonomia do poder local.

Perante o incontestável facto de a regionalização constituir uma daquelas reformas estruturais, indispensáveis ao cabal cumprimento Constituição, que se impõe como contribuição para reforçar a vida democrática, para assegurar uma profunda reforma progressista da administração pública, para criar melhores condições para o desenvolvimento das regiões mais desfavorecidas do país e para preservar a autonomia municipal, o PCP continua em coerência a bater-se, não apenas em palavras mas por atos, pela sua definitiva criação.

Nesse sentido o PCP propõe que, sem demoras e de acordo com as disposições legais e constitucionais se estabeleça um calendário que permita que em 2019 esteja concluída a criação e instituição das regiões administrativas, de acordo com os momentos e as decisões a seguir propostos.

Ler Projecto de Resolução AQUI.

 
1º de Maio no distrito da Guarda PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Terça, 02 Maio 2017 21:37

20170501_1

Os trabalhadores do distrito da Guarda comemoraram o 1º de Maio em Seia, com uma Marcha contra a Precariedade, sob o lema Valorizar o Trabalho e os Trabalhadores, que foi organizada pela sua União de Sindicatos.

A tarde encerrou em convívio com a Tuna do Figueiredo.

20170501_2

 
Guarda aprova moção sobre o 25 de Abril PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Terça, 02 Maio 2017 21:31

20170427_mocao

A Assembleia Municipal da Guarda aprovou, com apenas uma abstenção, a moção sobre o 25 de Abril, proposta pelos eleitos da CDU, que a seguir se transcreve:

 

Foi no dia 25 de Abril de 1974 que o Povo Português emergiu de um dos mais negros períodos da sua História. Hoje aqui estamos a celebrar a Revolução de Abril, a comemorar essa realização ímpar da luta do povo português.

O 25 de Abril de 1974 não foi apenas um dia. Foi o resultado de décadas de luta abnegada, corajosa e perseverante do povo português que, mesmo nas condições mais adversas, mesmo sob o jugo da censura, da tortura e da repressão mais brutais, construiu o caminho da revolução. A todos esses combatentes democratas e antifascistas a nossa sentida homenagem e o nosso reconhecimento!

Continuar...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Seguinte > Final >>

Pág. 9 de 95
Capa do Avante
logo 96aniv pcp 2017 cores
http://www.pcp.pt/sobre-realizacao-do-xx-congresso-do-pcp

201602__solucoes_pais_2 204x300


Soluções para o País

Agenda

« < Julho 2017 > »
S T Q Q S S D
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6